Páginas

sábado, 12 de maio de 2012

Sacola de compras #1

Essa semana teve Feira do livro em Florianópolis O.o  - O perdição... Não tinha muita variedade nem promoções, mas ainda assim deu para fazer umas comprinhas... afinal, não dá para sair de uma feira do livro com as mãos abanando.
 Comprei:
 

Sinopse - O Pálido Olho Azul - Louis Bayard

Um suspense magnífico que prende o leitor da primeira à última página. A trama se passa na Academia de West Point, no ano de 1830. A calma de uma noite de outubro é quebrada pela descoberta do corpo de um jovem cadete balançando de uma corda - um suicídio que causa um horror ainda maior quando, no dia seguinte, descobre-se que alguém entrou na sala onde estava o corpo e retirou-lhe o coração. À procura de respostas, um detetive aposentado de Nova York se une ao jovem cadete Edgar Allan Poe e, juntos, eles vão descobrir que os mistérios que envolvem West Point são mais macabros do que imaginam.



Guiado pela profecias do calendário asteca, Quetza, um jovem brilhante criado por um sábio no antigo México, lança-se à aventura. Adiantando-se aos "grandes viajantes", é o primeiro homem que consegue unir os dois continentes, descobrindo um novo mundo: a Europa. Quetza nos relata a barbárie que vê nessas terras: a adoração a um homem brutalmente pregado a uma cruz, pessoas queimadas em fogueiras diante de multidões que festejam como selvagens e ambições desmedidas de riqueza e poder. A viagem, uma verdadeira odisséia, nos levará por grande parte da Europa, Oriente Médio e Ásia, convertendo o romance numa aventura extraordinária. Quetza, ao ver a avidez dos governantes, não pode evitar um vaticínio: eles cruzarão o oceano em breve, impulsionados pelo afã de estender seus domínios. Então, concebe um plano para evitar a conquista e o extermínio de seu povo. As profecias de Quetza, o descobridor da Europa, ainda estão em vigor; aquela guerra, que muitos creem pertecente ao passado, não acabou.

Sinopse - Os Crimes da Luz - Giulio Leoni

Depois de surpreender os leitores em Os crimes do mosaico , o genial Dante Alighieri volta para desvendar um novo e intrigante caso nesta obra. Florença, agosto de 1300. Dante, faltando poucas horas para o fim de seu mandato como prior da cidade, é chamado aos pântanos do rio Arno, onde foi encontrada uma galé encalhada. A bordo, centenas de cadáveres e os restos de um engenho. De onde veio essa embarcação com sua carga de horror? E por que, depois de algumas horas, o arquiteto do imperador Frederico II é ferozmente assassinado? Cinqüenta anos antes, Frederico II morreu no limiar de uma extraordinária descoberta.

Sinopse - O Clube Dante - Matthew Pearl

Os gênios literários do Clube Dante - os poetas e os professores de Harvard Henry Wadsworth Longfellow, dr. Oliver Wendell Holmes, James Russell Lowell e o editor J. T. Fields - estão terminando a primeira tradução americana de A divina comédia e se preparam para revelar as incríveis visões de Dante Alighieri para o Novo Mundo. Os poderosos Brahmins de Boston em Harvard estão lutando para manter Dante na obscuridade, pois acreditam que a infiltração de superstições estranhas nas mentes dos americanos serão tão nefastas quanto os imigrantes chegando ao porto de Boston. Os membros do Clube Dante precisam lutar para manter viva sua sagrada causa literária, mas seus planos fracassam quando uma série de mortes acontece por toda Boston e Cambridge. Apenas esse seleto grupo de acadêmicos sabe que os sórdidos crimes são planejados a partir das descrições das punições do Inferno de Dante. Com a polícia atônita, vidas correndo perigo e o futuro literário de Dante em xeque, o Clube Dante precisa abandonar sua reclusa existência literária e encontrar uma maneira de agarrar o assassino.

Quando Sandra Laing nasceu em 1955, filha de um casal africâner pró-apartheid que vivia no cerne do conservadorismo da África do Sul, foi registrada oficialmente como criança branca. Mas desde o primeiro dia num internato branco, um grupo de alunos e professores perseguiu-a impiedosamente por causa da cor de sua pele e do cabelo pixaim.
Sannie e Abraham Laing atribuíam a aparência de sua filha à uma união interracial no passado distante da história familiar. Mas os vizinhos achavam que Sannie havia cometido adultério com um negro. A família foi condenada ao ostracismo. Quando tinha dez anos, Sandra foi retirada da escola pela polícia e reclassificada como "mulata" – um fruto da miscigenação. E então, quando era adolescente, Sandra fugiu de casa com um negro. Os pais arrasados repudiaram-na, embora ela tenha conseguido fazer duas visitas à mãe sem que ninguém soubesse. Sandra não teve o menor arrependimento por abandonar o mundo dos privilégios brancos por um distrito negro e pobre. A despeito da pobreza, da doença e de um sistema jurídico voltado para a escravização, Sandra nunca foi tão feliz – até ser obrigada a fugir com os filhos e lutar pela sobrevivência nos distritos da periferia de Johannesburgo no auge da brutal repressão do governo à resistência negra.

Sinopse - Shantaram - Gregory David Roberts

Inspirado em acontecimentos da vida do próprio autor, Shantaram narra a história de Lin, que após fugir de uma prisão de segurança máxima, na Austrália, vai para a Índia redescobrir o sentido da vida. Ao lado de Prabaker, seu guia e amigo fiel, Lin mergulha em uma aventura arrebatadora pelo submundo de Bombaim (atual Mumbai), onde abre um posto médico gratuito, faz sua iniciação no mundo do crime organizado e começa a ser perseguido por um inimigo tão misterioso quanto influente. Sucesso internacional, com mais de dois milhões de exemplares vendidos, Shantaram é o fruto de uma vivência intensa e pessoal do autor, revelando variadas facetas da Índia, desde a sórdida vida na cadeia até a exuberância dos estúdios de Bollywood. The New York Times "Poucos livros se destacam como Shantaram... Talvez nenhum seja tão divertido. Às vezes, uma grande história é a melhor recompensa." Giant Magazine "O extenso romance autobiográfico se baseia em grande parte na vida louca do próprio autor. Não se assuste com o tamanho - Shantaram é uma das mais arrebatadoras histórias de redenção pessoal que você poderia ler." The Wall Street Journal "Shantaram fará você achar sua vida comum demais." The Sunday Times "Um fenômeno editorial." The Washington Post "Um romance inteligente, ambicioso, repleto de personagens vibrantes." The Independent "Uma das histórias infantis mais agradáveis e originais dos últimos tempos."

Sinopse - Uma Esperança de Paz - Sandy Tolan

'Uma Esperança de Paz' faz um relato contundente sobre palestinos e israelenses que tentam quebrar o que parece ser uma infindável corrente de ódio e violência. Baseado em fatos reais, as pesquisas e levantamentos para o livro foram conduzidas em seis línguas, com apoio de acadêmicos, arquivistas, jornalistas e editores nos Estados Unidos, Bulgária, Israel, Cisjordânia, Jordânia e Líbano. A obra foi escrita em vários locais e demorou dois anos para ser finalizada. Amor, ódio, violência, guerra, amizade, esperança e Oriente Médio. Segundo o autor, Sandy Tolan, a semente que originou este livro foi um documentário de rádio. Carregada de emoção, a história se passa no verão de 1967, pouco depois da Guerra dos Seis Dias, quando três homens árabes aventuram-se até a cidade de Ramla, um território que hoje pertence aos judeus. Eram primos, em peregrinação para ver as casas onde haviam passado a infância. Vinte anos antes, suas famílias haviam sido expulsas da Palestina. Um deles teve a porta fechada na cara e outro descobriu que sua casa havia se transformado em uma escola. Mas o terceiro, Bashir Al-Khairi, foi recebido por uma jovem chamada Dália, que os convidou a entrar. Este é o começo de um relacionamento verdadeiro entre duas famílias - uma árabe e outra judia. Em sua casa de infância, entre os limoeiros plantados no quintal por seu pai, Bashir vê desalojados e ocupações; Dália, que em 1948 chegou ali ainda criança, com sua família vinda da Bulgária, tem uma visão otimista para um povo devastado pelo Holocausto. A história dos dois personagens é permeada pelo contexto histórico entre israelenses e palestinos nos últimos 70 anos. Numa região que parece cada vez mais dividida, o livro apresenta uma oportunidade única de esperança de paz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário