Páginas

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Resenha: Série A bicicleta azul de Régine Deforges


 Régine Deforges é uma escritora francesa que iniciou nos anos 80 a publicação da série a bicicleta azul, composta de três volumes: A bicicleta azul, Vontade de viver e O sorriso do diabo. Sou um tanto suspeita para falar sobre, pois fiquei encantada com a série. 

A história começa em 1939 com o início da Segunda Guerra Mundial, na região de Bordeaux na França, e passamos a acompanhar as aventuras da jovem Léa Delmas – então com 17 anos. 
Léa é a anti-heroína da história. È tipo uma Scarlett O’hara... jovem, bonita, impertinente, mimada e egocêntrica – e nunca, sob hipótese alguma,  de jeito nenhum deseja se envolver com a guerra. No entanto, a guerra não poupa ninguém. Ao ver seus amigos e familiares engolidos pela guerra, Léa vê-se, mesmo que um pouco contrariada, envolvida também. 

Régine Deforges criou uma personagem fascinante, justamente por não ser uma heroína convencional. Ao relatar a vida da família Delmas pela vivência de nossa protagonista, a autora ilustra a paixão, o amor, a amizade, a união, a luta, a violência e o horror vivido em tempos de guerra. Os detalhes são impressionantes – alguns até chocantes. Acompanhamos nos três volumes o impacto da guerra na França, na família Delmas e na maturidade de Léa.
Para quem aprecia romance com fundos históricos é uma leitura muito rica e detalhada. A heroína, com todas as suas contradições, é uma personagem inesquecível. Uma leitura mais que recomendada.

Ah, um detalhe: a série chama-se bicicleta azul, por que Léa passa a ajudar a Resistência atravessando cartas escondidas em sua bicicleta azul. Uma senhora responsabilidade.

Os personagens da série A bicicleta azul estão presentes em outros livros da autora (por alguns considerados sequência da série), como: Tango negro, Rua de seda, A última colina, Cuba libre!, Argel: a cidade branca e os ainda inéditos no Brasil: Les généraux du crepuscule e Et quand vient la fin du voyage.

 
Título: A bicicleta azul
Autor: Régine Deforges
Série: A bicicleta azul, v.1
Tradução de: La bicyclette bleue
Tradutora: Ligia Guterres
Editora: BestBolso
Edição: 2009
ISBN 978-85-7799-049-8
Páginas: 487p.

Sinopse:
1939. Bourdeaux, França. A jovem Léa Delmas, de 17 anos, desperta para o amor e para o sexo. Mas o início da Segunda Guerra Mundial interrompe bruscamente a alegria de sua juventude, Léa se vê obrigada a enfrentar a dura realidade da violência, a conviver com a ocupação nazista e, ao mesmo tempo, com as inquietações de uma paixão arrebatadora. A autora Régine Deforges recria todo o drama da família Delmas na luta pela sobrevivência e nos leva por uma viagem ao mundo das sensações e descobertas da mocidade.

 
Título: Vontade de viver
Autor: Régine Deforges
Série: A bicicleta azul, v.2
Tradução de: 101, Avenue Henri-Martin
Tradutora: Maria Eugênia de Sá Bandeira
Editora: BestBolso
Edição: 2010
ISBN 978-85-7799-132-7
Páginas: 391p.

Sinopse:
1942, França ocupada. Auge da Segunda Guerra Mundial. Neste segundo volume da série A bicicleta azul, a jovem Lèa DElmas descobre, entre seus parentes e amigos, a crueldade da delação, da covardia e do colaboracionismo. Alguns, porém, preferem lutar, mesmo que corram sérios riscos. Este é o caminho escolhido por Léa, que se engaja na Resistência para combater os alemães e tentar salvar as pessoas que ama. Unindo-se a luta de seu país, ela testemunha todas as perversidades praticadas pelos invasores. Uma situação extrema que Léa enfrentará com muito sofrimento.

 
Título: O sorriso do diabo
Autor: Régine Deforges
Série: A bicicleta azul, v.3
Tradução de: Le diable em rit encore
Tradutora: Ligia Guterres
Editora: BestBolso
Edição: 2010
ISBN  978-85-7799-133-4
Páginas: 405p.

Sinopse:
1944, a Segunda Guerra Mundial caminha para seu desfecho. È o momento do ajuste de contas, marcado por batalhas violentas. Neste terceiro volume da série A bicicleta azul, a jovem Léa Delmas envolve-se nas operações da resistência francesa e convive intensamente com o perigo. Afastada do seu amor, François Tavernier, ela tem que lutar para reencontrá-lo com as mesmas forças com que combate os inimigos alemães. Paixão, aventura e honra são os ingredientes que fazem dessa trilogia uma saga envolvente e emocionante.

Vejam a imagem formada pelas três capas juntas:

Nenhum comentário:

Postar um comentário