Páginas

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Resenha: Sob um céu para iguais - Glênio Dalcin


Glênio Dalcin conta no livro Sob um céu para iguais histórias de futebol; mas não se engane quem não curte muito este esporte pensando que Dalcin fala somente sobre táticas e jogadas, ele fala sobre as pessoas: as que deram certo e as que tentaram neste mundo, mas aborda também a questão da 'fábrica de pequenos craques'.

A história do livro gira em torno do projeto do visionário Haylton que quer unir futebol, educação e qualidade de vida. Está estranhando o visionário ai né? Mas é isso mesmo, no país do futebol qual é a escolaridade dos nossos jogadores? Baixa. E tem uma citíca sutil ai... afinal, no 'mercado' da bola rola muita grana...

É uma história interessante; a impressão que eu tenho é que Dalcin deve ter imaginado, para esses garotos que tão pequenos vão jogar nos times de futebol e que são separados da família abandonando a escola a fim de um dia vir a se tornar um jogador de futebol de sucesso, um mundo de oportunidades onde essas crianças pudessem ter tudo o que os times de futebol profissionais lhe privariam de ter.
Haylton é um empresário de muito sucesso, apaixonado por futebol que reúne a sua volta pessoas que entendem de futebol e de música e que tem um excelente caráter, pois estes vão 'formar' as crianças e monta uma escola para garotos com talento com a bola de maneira a possibilitar que esses possam jogar, treinar,  ficar junto a sua família e estudar, garantindo emprego, moradia e escola para essas crianças e suas famílias.
Sob um céu para iguais mescla a história destes meninos e das pessoas envolvidas no projeto - livro bacana em um país em que praticamente todo menino quer ser um jogador de futebol - e outras coisas, como família e estudo - acabam ficando relegadas a segundo plano. Gostei do livro por que é um pouco - não é bastante, utópico: histórias de boas pessoas que sonham e fazem um mundo melhor para todos.
Título: Sob um céu para iguais. 
Autor: Glênio Dalcin
Editora: Soler Editora
Edição: 2005. 
Páginas: 231p. 
ISBN 85-98183-24-5

Nenhum comentário:

Postar um comentário